FAZEMOS TODOS PARTE DE UM GRANDE TEATRO, CADA QUAL REPRESENTANDO SEU MELHOR OU PIOR PAPEL.
*artesãdaspalavras*

HÁ TEMPOS, ENSAIAMOS... A ESTREIA NÃO ESTÁ MARCADA, CONTINUAMOS ENSAIANDO...
*Suely Ribella*

"TODOS OS TEXTOS AQUI PUBLICADOS TEM SEUS DIREITOS AUTORAIS RESERVADOS"

29 de jun de 2008

DOUTOR DA ALEGRIA

Os verdadeiros palhaços
são os doutores
da alegria
Que nos hospitais
trazem tanta
alegria
.
*artesãdaspalavras*

27 de jun de 2008

MUNDO REAL


Se
louca
pareço
as vezes é por
que entro no
mundo
real..
.
*artesãdaspalavras*

25 de jun de 2008

FAÇO TUDO


Faço tudo por ti,
até deixo-te pensar
que me enganas...
.
Suely Ribella ©
*

23 de jun de 2008

REI? LEÃO?


Nem rei, nem leão...
Talvez urso,
escorpião...
.
Suely Ribella ©
*

21 de jun de 2008

O ALGUÉM

E alguém perguntou,
porque estás
tão triste palhaço.
Porque odeio
sorrir
.
*artesãdaspalavras*

19 de jun de 2008

RS...RS...RS...

O palhaço é
uma caixa
de
risadas.
.
*artesãdaspalavras*

17 de jun de 2008

DRÁCULA


Meu conde...
É teu, o meu sangue.
Meu pescoço te espera,
o mais também...
.
Suely Ribella ©
*

15 de jun de 2008

A VIDA É BELA


A vida não é má.
A vida é bela,
tem príncipe e cinderela...
Cuidado com ela!
.
Suely Ribella ©
*

13 de jun de 2008

MEDO

E um dia alguém disse:
é pecado
e foi
criado
o medo.
.
*artesãdaspalavras*

11 de jun de 2008

NADA É MENTIRA

Eu não minto,
não uso de meias palavras
quando digo que sofro
é porque não tenho
seu amor
.
*artesãdaspalavras

9 de jun de 2008

LUGARES


Lugares comuns
que fazemos especiais,
lugares por onde passamos,
onde nos encontramos...
.
Suely Ribella ©
*

7 de jun de 2008

O TERROR

O terror
de enfrentarmos
o desconhecido,
faz de nós
fracos,
covardes.

.
*artesãdaspalavras*

5 de jun de 2008

O PICADEIRO

Somos todos artistas
neste imenso circo
que é o mundo.
Vivemos nos picadeiros
para sobreviver.
.
*artesãdaspalavras*

3 de jun de 2008

BASTIDORES


Nosso amor vive
longe dos refletores.
Amor de bastidores.
.
Suely Ribella ©
*

1 de jun de 2008

O ANJO MAIS VELHO


"O dia mente a cor da noite
E o diamante a cor dos olhos
Os olhos mentem dia e noite a dor da gente"
metade de mim
agora é assim
de um lado a poesia o verbo a saudade
do outro a luta, a força e a coragem pra chegar no fim
e o fim é belo incerto... depende de como você vê
o novo, o credo, a fé que você deposita em você e só
Só enquanto eu respirar
Vou me lembrar de você
.
trecho da musica
O Anjo Mais Velho
do
Teatro Mágico