FAZEMOS TODOS PARTE DE UM GRANDE TEATRO, CADA QUAL REPRESENTANDO SEU MELHOR OU PIOR PAPEL.
*artesãdaspalavras*

HÁ TEMPOS, ENSAIAMOS... A ESTREIA NÃO ESTÁ MARCADA, CONTINUAMOS ENSAIANDO...
*Suely Ribella*

"TODOS OS TEXTOS AQUI PUBLICADOS TEM SEUS DIREITOS AUTORAIS RESERVADOS"

30 de jun de 2014

ENGANO


Eu não me enganei,
nem enganei você.
E você só enganou
a você mesmo.
.
Suely Ribella ©
*

2 comentários:

Aqui - Ali - Acolá disse...

O engano trás o desengano.

Aqui, neste pequeno poema muito está definido.

Eu não me enganei,
nem enganei você.
E você só enganou
a você mesmo.

É verdade amiga, desengane-se quem pensa que é enganado, porque quando se cria em nós uma ilusão onde ela não existe, nós é que nos enganamos a nós mesmos..

Boa síntese que dá que pensar a muita gente, mas que é preciso saber interpretá-la.

bjos boa sexta-feira..

Gleidston dias disse...

"E voce enganou a voce mesmo"

Afirmativo, muitas vezes é o
que se passa a nossa volta, sem dar por isso, ou enganado somos,ou enganado soís, reflexivo, parabens.

Uma otima 6f pra voce.

bjcsss