FAZEMOS TODOS PARTE DE UM GRANDE TEATRO, CADA QUAL REPRESENTANDO SEU MELHOR OU PIOR PAPEL.
*artesãdaspalavras*

HÁ TEMPOS, ENSAIAMOS... A ESTREIA NÃO ESTÁ MARCADA, CONTINUAMOS ENSAIANDO...
*Suely Ribella*

"TODOS OS TEXTOS AQUI PUBLICADOS TEM SEUS DIREITOS AUTORAIS RESERVADOS"

5 de out de 2010

DESÂNIMO


Porque deixei-me
dominar?
Porque fiquei assim
sem vontade própria?
.
*artesãdaspalavras*

2 comentários:

frô disse...

Existem momentos, minha querida, em que temos que nos permitir sermos humanos. Meros humanos. Esse domínio alheio ou, em outras palavras, essa ausencia de auto-domínio, faz parte e nossas vidas.
Deixe-se, entao, dominar. Sinta cada milímetro desse domínio, desse desânimo. Esgote todo o dabor que ele tem. E então, será hora de despedir-se dele. E vc deverá deixa-lo ir. Talvez, será hora de ser poeta. Mas que venha... e que vá... e vc, vc permanecerá em sua existencia, evoluindo, sempre.
Beijos Natalinos.

Rosa da Rosa disse...

...virá novamente a alegria, há crianças lhe esperando! E o fim e o começo de anos serão só a passagem com renovação! Abraço!